Insane Labz Psychotic, Pó Pré-Treino de Alto Estímulo, Energia Extrema e Duradoura, Foco e Resistência com Beta Alanina, Creatina Monohidratada e DMAE, 35 Porções (Fruit Punch)

Suplemento dos deuses

Preço promocional ¥7,500 Preço normal ¥9,000

 

**Insane Labz Psychotic 247 g USA versão mais forte do Psychotic**

Insane Labz Psychotic é um suplemento pré-treino único com as propriedades estimulantes mais fortes, projetado para indivíduos avançados que desejam levar seus treinos para o próximo nível. Ele contém o ingrediente patenteado AMPiberry, permitindo que você alcance foco total, concentração e energia inesgotável por horas.

**Insane Labz Psychotic 247g USA é:**
- Efeito estimulante muito poderoso,
- Excelente aumento de energia,
- Treino realizado com intensidade máxima,
- Aumento da resistência e das bombas!

**Ingredientes nos suplementos Insane Labz Psychotic**

**Beta-Alanina** - um aminoácido não proteico, isômero constitucional da alfa-alanina, necessário na síntese de ácido pantotênico, coenzima A, balenina, anserina ou carnosina. É um composto limitante, e assim, após a administração externa do aumento da concentração de carnosina (β-alanyl-L-histidina), cuja atividade é principalmente responsável pelos efeitos da suplementação de beta-alanina. A carnosina é acima de tudo um composto antioxidante forte e multidirecional. Devido ao anel de imidazol contido em sua estrutura, é um doador de elétrons capaz de interromper o processo de peroxidação lipídica, neutralizar oxigênio singlete e estabilizar peróxidos. A carnosina quelata cobre e ferro e bloqueia a produção de radicais hidroxila. Ligando-se covalentemente aos produtos de degradação lipídica, interrompe a reação em cadeia descontrolada da oxidação de gorduras. A carnosina, além de suas propriedades antioxidantes, é capaz de diminuir o grau de acidificação do corpo removendo íons de hidrogênio do corpo. O efeito da carnosina, e assim indiretamente da beta-alanina, permite aumentar a força e a velocidade. Além disso, a beta-alanina, ao descarregar os receptores nervosos, induz uma sensação de formigamento que motiva à ação.

**Creatina Monohidratada** - uma forma hidratada de creatina, um composto não proteico naturalmente sintetizado no corpo humano devido à metilação da glicociamina. Permite o armazenamento e transporte de grupos fosfato necessários para a produção de compostos de alta energia, incluindo adenosina-5'-trifosfato (ATP), que garante o fornecimento de energia para músculos em trabalho e regeneração. Suporta o acúmulo de glicogênio. Aumenta o armazenamento de água, cuja presença é necessária para a realização de inúmeras reações bioquímicas. Tem propriedades antioxidantes que reduzem o estresse oxidativo causado pela intensidade excessiva do treinamento.

**Cafeína** - 1,3,7-trimetilxantina, um composto pertencente aos alcaloides purínicos encontrados em partes selecionadas de algumas plantas associadas à atividade excitatória, especialmente nas sementes de café. Como um antagonista seletivo dos receptores de adenosina A1 e A2A, ao aumentar a quantidade de alguns neurotransmissores, particularmente acetilcolina, noradrenalina e dopamina, leva a uma melhora da concentração, redução da dor e aumento da disposição para agir. Ao diminuir a atividade da fosfodiesterase, a cafeína reduz a taxa de degradação do monofosfato de adenosina cíclica 3',5' (cAMP), mantendo a excitabilidade neuronal adequadamente alta necessária para manter a clareza total de pensamento. O aumento da concentração de cAMP intensifica a degradação de glicogênio e triglicerídeos, aumentando a disponibilidade de substratos energéticos necessários para a realização dos processos de pensamento e outros processos, incluindo aqueles relacionados à atividade física do corpo. A cafeína, ao reduzir o potencial elétrico negativo da membrana mitocondrial interna e induzir a formação de proteínas desacopladoras (UCP), aumenta a termogênese ao aumentar a queima de substratos energéticos liberados, ajudando a manter a massa corporal normal.

**Hordenina** - sendo um inibidor seletivo e irreversível da monoamina oxidase B (MAO-B), pode inibir a desaminação de: dopamina, serotonina e feniletilamina; aumentando assim sua concentração e intensificando os efeitos causados por elas. Como um inibidor da recaptação de norepinefrina, aumenta sua concentração, afetando indiretamente o sistema nervoso simpático. Aumentando a sobrevivência e a atividade de neurotransmissores selecionados, reduz a sonolência e a ansiedade e promove a melhora: do bem-estar, do curso dos processos de pensamento e da eficácia das atividades realizadas. Ao aumentar a pressão arterial sistólica e diastólica e aumentar o volume do fluxo sanguíneo periférico, aumenta a atividade do sistema cardiovascular, promovendo o transporte de nutrientes e oxigênio no corpo.

**AMPiberry®** - um nome proprietário do produto desenvolvido com base no extrato de frutas do zimbro (Juniperus communis L.), uma árvore perene da família Cupressaceae, que cobre abundantemente áreas do globo com um clima mais frio, especialmente a área montanhosa de Himachal Pradesh, localizada na Índia. Devido às propriedades antioxidantes diretas e indiretas causadas pelo aumento da concentração de superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase, tem um efeito antiapoptótico no sistema nervoso. Reduz a inflamação e a sensação de dor, incluindo a dor de cabeça. Ao interferir na excitabilidade neuronal, reduz a sensação de cansaço e desânimo, motivando o corpo a continuar trabalhando. Mostra sinergia de ação com a cafeína.

**Extrato de Rauwolfia vomitoria (90% rauwolscina)** - extrato de raiz de Rauwolfia vomitoria, planta da família Apocynaceae, um arbusto que cresce naturalmente nas regiões tropicais da África, sendo trazido para outros continentes, incluindo a Ásia. Tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e analgésicas, suporta o metabolismo carboidrato-insulina, combate o câncer e melhora a saúde mental. A alta padronização do extrato de rauwolscina, em outras palavras, ioimbina ou isoiombina, foca a ação do produto no sistema nervoso e na perda de massa corporal desnecessária. Inibindo o trabalho do sistema colinérgico, aumenta a concentração de adrenalina, estimulando o corpo a agir e intensificando o processo de lipólise. Ao diminuir a atividade dos receptores adrenérgicos α2, aumenta a adenilil ciclase e o monofosfato de adenosina cíclica 3',5' (cAMP), intensificando a oxidação dos ácidos graxos nas mitocôndrias. Promove a queima do tecido adiposo acumulado anteriormente em áreas do corpo ricas em receptores adrenérgicos α2, principalmente a parte inferior do abdômen e nos quadris.

**Dosagem:** 1 porção 30 minutos antes do treino.